terça-feira, 28 de setembro de 2010

FREI JOÃO RECEBE ALTA E ESTÁ EM CASA!

Após ficar alguns dias internado na Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro de Itapemirim, Frei João Echávarri, 91 anos de idade, já encontra-se na casa da comunidade religiosa agostiniana recoleta, anexa ao Santuário de Nossa Senhora da Consolação.
Agradecemos a equipe médica que acompanhou o religioso, bem como as enfermeiras e demais funcionários do hospital e, também, as pessoas que fizeram companhia ao Frei João quando esteve internado.
Deus abençoe a todos!

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

28 DE SETEMBRO - BEATOS PEDRO DE ZÚÑIGA, TOMÁS DE SANTO AGOSTINHO, PRESBÍTEROS, E COMPANHEIROS, MÁRTIRES

Os primeiros missionários agostinianos chegaram ao Japão em 1602. Seu entusiasmo e seus sacrifícios não tardaram em dar fruto. O povo os ouvia com alegria e abundavam as conversões. A vida agostiniana atraίa os nativos, tanto que em poucos anos já havia religiosos, terciários e cinturados de origem japonesa. Mas logo estourou uma violenta perseguição contra os católicos. A prova foi terrível, mas a nascente Igreja japonesa a enfrentou com admirável valentia e fidelidade. Foram centenas de agostinianos e agostinianos recoletos, entre eles religiosos, cinturados e terciários que entre 1617 e 1637 derramaram seu sangue por Cristo em meio a atrozes tormentos. A liturgia de hoje recorda a um grupo beatificado por Pio IX em 1867, composto por Hermando de São José e seu catequista, o cinturado Andrés Yoshida, martirizados em 1617; ao padre Pedro de Zuñiga, executado em 1622; ao frei Juan Shozaburo, aos oblatos Miguel Kiuchi Tayemon, Pedro Kuhieye e Tomás Terai; e aos terciários Mancio Seizayemon e Lorenzo Hechizo, sacrificados em 1630; e, por fim, aos padres Bartolomé Gutiérrez, Vicente de Santo Antonio e Francisco de Jesús, martirizados em Setembro de 1632. Em 1637 foi martirizado o primeiro sacerdote agostiniano japones, padre Tomás Jihyoe de Santo Agostinho, beatificado no dia 24 de novembro de 2008 em Nagasaki.

Um segundo grupo de mártires está composto pelos recoletos Martίn de São Nicolau, Melchor de Santo Agostinho, queimados ao fogo lento no dia 11 de dezembro de 1632 e beatificados no dia 23 de abril de 1989. Tinham viajado voluntários desde Filipinas ao Japão a pedido dos padres Francisco de Jesus e Vicente de Santo Antonio, que já estavam encarcerados.

A memória dos mártires japoneses testemunha a universidade da vida agostiniana (procedem de quatro paises: Espanha, México, Portugal e Japão) e a comunhão de vida entre sacerdotes, irmãos e seculares agostinianos, assim como a comum herança das diversas famílias agostinianas.

Fonte: Site da Ordem dos Agostinianos Recoletos

domingo, 26 de setembro de 2010

PAPA NO ÂNGELUS: "DEUS AMA OS POBRES E OS LEVANTA DE SUA HUMILHAÇÃO"

Castel Gandolfo, 26 de set (RV) – “Deus ama os pobres e os levanta da sua humilhação”. Foi o que recordou Bento XVI ao meio-dia de hoje em Castel Gandolfo, antes da oração do Ângelus, destacando que o “destino eterno” de cada um é condicionado pela escolha de seguir o caminho que Deus tem nos mostrado isto é ,o amor.

No Evangelho deste domingo, recordou o Papa, Jesus conta a parábola do homem rico e do pobre Lázaro. O primeiro vive no luxo e egoísmo, e quando morre, acaba no inferno. O pobre, ao invés, que come os restos da mesa do rico, quando morre é levado pelos anjos à morada eterna de Deus e dos santos. “Bem-aventurados vós, os pobres - proclamou o Senhor aos seus discípulos - porque vosso é o reino de Deus" (Lc 6:20).

“Mas a mensagem da parábola vai além disso; recorda que enquanto estamos neste mundo, devemos escutar o Senhor que nos fala através das Sagradas Escrituras e viver segundo a sua vontade, caso contrário, após a morte, será tarde demais para se arrepender. Portanto, - continuou o Papa - essa parábola nos diz duas coisas: a primeira é que Deus ama os pobres e os alivia de suas humilhações; e a segunda é que o nosso destino eterno é condicionado pelo nosso comportamento, depende de nós seguir o caminho que Deus tem nos mostrado para chegar à vida, e esse caminho é o amor, não entendido como sentimento, mas sim como serviço aos outros, na caridade de Cristo”.

Por feliz coincidência – observou o Papa – nesta segunda-feira, 27 de setembro, celebra-se a memória litúrgica de São Vicente de Paulo, patrono das organizações caritativas católicas, falecido há 350 anos.

“Na França de 1600, ele tocou com suas próprias mãos o forte contraste entre os mais ricos e os mais pobres. De fato, como sacerdote, ele pode frequentar seja os ambientes aristocráticos, seja o meio rural, como também as áreas mais mariginalizadas de Paris. Impulsionado pelo amor de Cristo, - destacou o Santo Padre - Vicente de Paulo soube organizar formas estáveis de serviço às pessoas marginalizadas, dando origem às chamadas “Charitées”, a “Caridade”, isto é, grupos de mulheres que colocavam seu tempo e os seus bens à disposição dos mais marginalizados”.

De entre essas voluntárias - lembrou ainda Bento XVI -, algumas optaram por consagrar-se totalmente a Deus e aos pobres. Foi assim que, com Santa Luísa de Marillac, São Vicente fundou as “Filhas da Caridade”, primeira congregação feminina a viver a consagração “no mundo”, no meio das pessoas, com os doentes e os necessitados.

Em seguida o Papa falou do Amor com “A” maiúsculo, que dá a verdadeira felicidade! Demonstra-o outra testemunha, uma jovem que ontem foi proclamada Bem-aventurada aqui em Roma.

“Falo de Chiara Badano, uma jovem italiana nascida em 1971, e que uma doença a levou à morte em menos de 19 anos, mas que foi para todos um raio de luz, como diz o seu sobrenome: “Chiara Luce”, “Clara Luz”. Sua paróquia, a diocese de Acqui Terme e o Movimento dos Focolares, ao qual ela pertencia, estão hoje em festa - e é uma festa para todos os jovens, que podem encontrar nela um exemplo de coerência cristã. As suas últimas palavras, de plena adesão à vontade de Deus, foram: “Mamãe, adeus. Seja feliz porque eu sou feliz”. Demos graças a Deus, porque seu amor é mais forte do que o mal e a morte; e agradecer à Virgem Maria que conduz os jovens também através das dificuldades e sofrimentos, a apaixonarem-se por Jesus e a descobrir a beleza da vida.

Na conclusão o Papa recordou que retorna ao Vaticano na próxima quinta-feira e concedeu a todos a sua Benção Apostólica. (SP)

Fonte: Site da Rádio Vaticano

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

ÚLTIMO DIA DA SEMANA TEOLÓGICA DA ESCOLA DE TEOLOGIA PASTORAL "SANTO AGOSTINHO"

Diácono Ary de Paula Nascimento e Pe. Juliano

Bênção final da celebração eucarística

P. Juliano na palestra



Enfim, tudo o que é bom termina rápido, e assim chegou o último dia da V Semana Teológica, tendo como tema principal o documento do Concílio Vaticano II "Lumen Gentium". E nesse último dia Padre Juliano Ribeiro Almeida, pároco da Paróquia Nossa Senhora das Graças, fechou com chave de ouro relatando com profundidade sobre Maria (última parte do documento) e abordou o tema: A bem-aventurada Virgem Maria, Mãe de Deus, no mistério de Cristo e da Igreja, com o sub-tema: "A Igreja, mediante a Palavra de Deus recebida na fé, torna-se também ela mãe" (LG 154).
Agradecemos em nome da direção da Escola de Teologia Pastoral aos padres que se fizeram presentes, contribuindo para a formação teológica e crítica do Povo de Deus a respeito das questões de nossa fé católica e de modo especial a todos que se colocaram à disposição para participar dessa Semana Teológica, ficando o convite para a VI Semana Teológica no ano de 2011.
Deus nos abençoe sempre!

FREI JOÃO ECHÁVARRI SEGUE INTERNADO...

Frei João Echávarri, 91 anos, vigário paroquial da Paróquia de Nossa Senhora da Consolação, segue internado na Seção A, Quarto 9, da Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro de Itapemirim, para fins de avaliação médica.
Rezemos a Deus pelo seu pronto reestabelecimento. 

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

4º DIA DA SEMANA TEOLÓGICA

Tema da Palestra
Pe. Pedro Félix Bassini
Povo atento
Visão a partir da nave central do Santuário
Pe. Pedro no ensino da Lumen Gentium
Pe. Pedro Félix Bassini na presidência da Celebração Eucarística

Dando continuidade a Semana Teológica promovida pela Escola de Teologia Pastoral "Santo Agostinho", nesta quinta-feira, excepcionalmente, às 19 horas foi celebrada a Eucaristia no Santuário de Nossa Senhora da Consolação, pelo Pe. Pedro Félix Bassini. Excepcionalmente, porque nas quintas-feiras é a folga dos religiosos da Ordem dos Agostinianos Recoletos.
O tema proposto para noite de hoje foi "Os leigos - vocação universal à santidade na Igreja" e sub-tema: "Todos cultivam, movidos pelo Espírito de Deus, nos vários gêneros de vida e ofícios uma única santidade" (LG103).
Pe. Pedro iniciou relatando sobre a criação humana a imagem de Deus e daí (dessa criação) encontra-se o germe da santidade em todos os humanos.
Conforme encontrado na Palavra de Deus em I João 3,1 - nós somos chamados filhos de Deus e o nosso corpo é morada (templo) do Espírito, conforme I Cor 3,16.
Pe. Pedro utilizou-se de um provérbio popular que diz: "cavaco não anda longe do toco", da mesma forma: Santificador e santificado tem a mesma origem, conforme Hb 2, 11.
Continuando em sua explicação fez algumas considerações da santidade na história começando pelo Antigo Israel, Igreja Primitiva, no Segundo Milênio e depois as considerações na Lumen Gentium no Vaticano II - Povo Santo de Deus.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

3º DIA DA SEMANA TEOLÓGICA

Diácono Ary e Fr. Sérgio na Celebração Eucarística
Diácono Ary na abertura do terceiro dia da Semana Teológica
Fr. Sérgio Gusson preparando-se para dar início ao terceiro dia da semana teológica
Palestrante do dia
Fr. Sérgio no ensino do povo de Deus
No término da palestra
Sorteio de brindes
Sorteio de brindes (Rosângela e Fr. Sérgio)
Como de costume, após a Celebração Eucarística, hoje, presidida pelo pároco da Paróquia de Nossa Senhora da Consolação - Frei Domingos Sérgio Gusso, OAR - foi dada continuidade ao terceiro dia da semana teológica promovida pela Escola de Teologia Patoral "Santo Agostinho", com o tema: Os religiosos - índole escatológica da Igreja peregrina e união da mesma com a Igreja celeste e sub-tema, retirado da Lumen Gentium, "O estado constituído pela profissão dos conselhos evangélicos está firmemente relacionado com sua vida e santidade" (LG 120).
Frei Domingos Sérgio Gusson, OAR vestido com o hábito agostiniano recoleto fez as devidas explicações sobre a diferença entre o hábito religioso e a batina (dos padres diocesanos) e em seguida reportou-se aos conselhos evangélicos: votos de pobreza, castidade e obediência (proferido pelos religiosos, quando de suas profissões simples e depois perpétuas).
Fr. Sérgio embasado no documento Lumem Gentium, ensinou que as famílias religiosas são como árvore plantada por Deus e maravilhosa, sendo uma riqueza para a igreja particular (diocese).
Os religiosos não são intermédio entre os clérigos e os leigos, frisou o pároco.
O ser religioso é um modo novo e especial destinado a serviço do Senhor, frase retirada à época em que o documento foi redigido.
Após expor particularidades e a seriedade da vida religiosa, Frei Sérgio disse que apesar dessas exigências rígidas ele é muito feliz em ser religioso, apesar de dever respeitar as normas da Igreja, tais como: Código do Direito Canônico, Regra de Vida da Ordem e as normas da Diocese.
Terminou dizendo que os religiosos como os demais batizados são chamados a viver a santidade que será somente perfeita quando estivermos face a face com o Senhor, logo em seguida falou sobre a índole escatológica da Igreja peregrina e a união desta com a Igreja celeste.
Ao término foi sorteado brindes aos participantes e concluiu-se com a oração da Ave-Maria e a bênção do pároco.

FREI JOÃO ECHÁVARRI ENCONTRA-SE INTERNADO NA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM

A Paróquia de Nossa Senhora da Consolação comunica que Frei João Echávarri, vigário paroquial, encontra-se internado na Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro de Itapemirim para realização de exames de rotina, roguemos a Deus por intermédio de Nossa Senhora da Consolação por sua saúde.
Maiores informações pelo telefone (28) 3522 6607.

terça-feira, 21 de setembro de 2010

2º DIA DA SEMANA TEOLÓGICA

Fr. Didier na Celebração Eucarística
Fr. Didier Esperidião Neto, OAR - Vigário Paroquial
Rosângela e Fr. Didier
Palestrante do dia
Povo atento às palavras do palestrante
A temática do segundo dia da V Semana Teológica da Escola de Teologia Pastoral "Santo Agostinho" foi Constituição hierárquica da Igreja e, em especial, o Episcopado, com o sub-tema: "Os bispos receberam, com os outros ministros, o encargo de servir a comunidade" (LG 48).
Após a Celebração Eucarística presidida pelo Fr. Didier Esperidião Neto, OAR, coube a este explanar sobre a temática proposta para este dia.
Fr. Didier lembra-nos que Jesus Cristo deixou o mandado de irmos ao mundo para anunciar a Boa Nova e, antes de nós, enviou os seus discípulos, porém diante da vasta multidão de pessoas para ser levada a Palavra, os apóstolos escolheram colaboradores para esse serviço.
Entre sua explanação, Fr. Didier, ponderou aos presentes que o Papa é o bispo de Roma e Vigário de Cristo, sendo ele o primeiro a dar o exemplo para os demais componentes do Corpo Místico de Cristo.
O episcopado conserva a sucessão apostólica tendo seu início em Jesus até os dias atuais, através da imposição das mãos, sendo os sacerdotes (padre) os colaboradores dos bispos nessa missa, explicou o Fr. Didier.
Continuou a tecer comentário que os bispos fazem parte do Colégio Episcopal em comunhão com o bispo de Roma. Em nível de Igreja Universal, a fim de tomarem decisões faz-se necessária a presença do Romano Pontífice.
Ainda explicou que a diocese é chamada de Igreja Particular e a união de todas as dioceses do mundo forma a Igreja Universal, ou seja, a Igreja Católica Apostólica Romana.
Aos bispos cabem o munus de ensinar, santificar e governar.
Ao término de sua explicação, Frei Didier responder as perguntas as pessoas presentes e em seguida foi sorteado brindes.

22 DE SETEMBRO - BEATA JOSEFA DA PURIFICAÇÃO MASIA, VIRGEM E MÁRTIR

Nasceu em Algemesί, Valencia, Espanha, no dia 10 de junho de 1887 no seio de uma família de agricultores profundamente cristãos
. Teve um irmão e quatro irmãs religiosos. No dia 2 de fevereiro de 1905 Maria Josefa vestia o hábito agostiniano descalço em Beniganin (Valencia) e no ano seguinte pronunciava seus votos. No convento se distinguiu por sua laboriosidade, silencio e espírito de pobreza. Foi priora durante um triênio e ao estourar a guerra desempenhava o oficio de mestra de noviças.

Em julho de 1936 teve que abandonar o convento buscando refúgio na casa de sua mãe. Nela se encontravam já recolhidas suas três irmãs capuchinhas e todas juntas fizeram durante alguns meses vida autenticamente monástica, guardando a clausura, rezando o oficio divino e respeitando as horas de silencio e recolhimento. No dia 19 de outubro desse mesmo ano um grupo de milicianos se apresentou à casa para levar as religiosas. Sua mãe não quis separar-se de suas filhas, e todas juntas foram encerradas no convento cistercienses de Fons Salutis, convertido em prisão. No dia 25 de outubro, festa de Cristo Rei, as carregaram em um caminhão e à entrada de Alcira as fuzilaram uma após a outra. Os milicianos tinham pensado em começar pela mãe, mas esta desejou alentar suas filhas e rogou aos verdugos que começassem com suas filhas e logo poderiam seguir com ela.

Fonte: Site Oficial da Ordem dos Agostinianos Recoletos

DIA 23/09/10, QUINTA-FEIRA, DEBATE COM OS PRESIDENCIÁVEIS PROMOVIDO PELA CNBB

Discutir amplamente as propostas de Governo entre os candidatos ao cargo de Presidente da República é o objetivo do debate entre os presidenciáveis Dilma Rousseff (PT), José Serra (PSDB), Marina Silva (PV) e Plínio Arruda Sampaio (PSol), que acontecerá no próximo dia 23, na Universidade Católica de Brasília (UCB), às 21h30, no Auditório Central da Universidade, Campus de Taguatinga.

O debate é uma iniciativa da Universidade Católica de Brasília (UCB), Associação Brasileira das Universidades Comunitárias (ABRUC), Comissão Brasileira Justiça e Paz (CBJP) e Associação Nacional de Educação Católica (ANEC), com o apoio da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

O jornalista Beto Almeida será o mediador e presidirá o evento controlando o tempo, a intervenção dos candidatos, o ânimo dos participantes e da plateia. O debate será organizado da seguinte forma: abertura pelo mediador; apresentação dos participantes, pelo nome do candidato e do seu vice, seu partido e coligação. A ordem de apresentação e de resposta às perguntas será realizada mediante sorteio.

O evento será dividido em quatro blocos. No primeiro, cada candidato terá três minutos para se apresentar e indicar as três prioridades do seu Programa de Governo. Em seguida, os presidentes das entidades promotoras farão uma pergunta e o candidato sorteado irá respondê-la. Logo depois, representantes da sociedade farão os questionamentos. Todas as respostas serão comentadas por outro candidato e haverá o direito de réplica. Poderá ser concedido “direito de resposta” ao candidato que sofrer calúnia, difamação ou injúria. No último bloco, todos responderão a uma única pergunta, decidida pouco antes, entre as entidades organizadoras. Após todas serem respondidas, cada um fará seu pronunciamento final.

O evento terá duração de duas horas, incluindo o tempo destinado a perguntas. A definição da posição de cada candidato no cenário do debate foi escolhida por meio de sorteio, que aconteceu na sede da CNBB, no último dia 14 de setembro.

O evento será transmitido ao vivo pelo portal da Universidade Católica de Brasília (www.ucb.br), pelas TVs e rádios de inspiração Católica e pela Associação Brasileira de TVs Universitárias (ABTU).

Outras informações com a Assessoria de Imprensa da UCB, nos telefones: 3356-9013 / 9319 / 0979.

Fonte: Site da CNBB

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

1º DIA DA V SEMANA TEOLÓGICA

Mons. Antônio Rômulo Zagotto
Diácono Ary, Mons. Antônio Rômulo Zagotto e Diácono Sérgio
Palestrante da noite Mons. Rômulo
Diácono Sérgio dando explicações
Explicações sobre o Mistério da Igreja - o povo de Deus
Sorteio de brindes
Após a Celebração Eucarística presidida pelo Monsenhor Antônio Rômulo Zagotto e concelebrada pelos diáconos Ary e Sérgio, às 19 horas, no Santuário de Nossa Senhora da Consolação, deu-se início o primeiro dia da Semana Teológica  promovida pela Escola de Teologia Pastoral "Santo Agostinho", com a temática principal do documento do Concílio Vaticano II: Lumen Gentium.
Com o tema: O mistério da Igreja - o povo de Deus e sub-tema: "O Espírito Santo habita na Igreja e nos corações dos fiéis como num templo" (LG 04).
Mons. Antônio Rômulo Zagotto reportou que quando os bispos foram chamados à Roma para o concílio pensavam que o assunto principal fossem as questões estéticas da Igreja, mas foi o contrário.
Mons. Rômulo enfatizou que o capítulo 8º do documento Lumen Gentium dedicado a Mãe de Deus e da Igreja foi o mais discutido no Concílio Vaticano II e, com certeza é o mais belo capítulo, sendo um documento importante para o estudo de Mariologia.
O documento Lumen Gentium é o eixo dos demais do Concílio e possui um aspecto mais paastoral do que doutrinário e afirma que a luz dos povos é Jesus Cristo.
Ao refletir junto com os participantes da semana teológica, Mons. Rômulo disse que o reinado de Deus deve ser retomado nos dias atuais, sobretudo, os valores do Cristianismo na sociedade e na família, sem moralismo com alguns grupos desejam.
E disse ainda que a Igreja Católica Apostólica se torna visível nas pequenas comunidades eclesiais de base nas dioceses, sobretudo na de Cachoeiro de Itapemirim.
Ao término da palestra foram sorteados brindes entre os participantes.

PAPA SE DESPEDE DO REINO UNIDO: "OBRIGADO PELA CALOROSA ACOLHIDA"

Birgminham, 20 set (RV) – Bento XVI conclui na tarde de ontem, domingo, a sua 17ª Viagem Apostólica Internacional que o levou ao Reino Unido; uma visita que teve a duração de 4 dias. Durante a cerimônia de despedida, realizada no Aeroporto Internacional de Birmingham, o Papa, depois do discurso do Primeiro-ministro de Sua Majestade, David Cameron, agradeceu o intenso trabalho de preparação, tanto do governo atual como do precedente, dos serviços públicos, das autoridades locais e da polícia, e os muitos voluntários que pacientemente ajudaram a preparar os eventos dos quatro dias da sua vista apostólica. “Obrigado pela calorosa acolhida e hospitalidade que vocês me reservaram”, disse Bento XVI.

“Durante o tempo que estive com vocês, eu encontrei representantes de muitas comunidades, culturas, línguas e religiões que compõem a sociedade britânica. A grande diversidade da moderna Grã-Bretanha é um desafio para o seu governo e seu povo, mas também representa uma grande oportunidade para aprofundar o diálogo entre culturas e religiões que enriquecem toda a comunidade”.

Depois de recordar que, nestes dias agradeceu a oportunidade de se encontrar com Sua Majestade a Rainha, como também com o primeiro-ministro e outros líderes políticos, e falar sobre questões de mútuo interesse, tanto nacionais como internacionais, Bento XVI disse que ficou particularmente honrado em receber o convite para se dirigir às duas câmaras do Parlamento britãnico no histórico local de Westminster Hall.

“Espero sinceramente que esses encontros contribuam a confirmar e reforçar as excelentes relações entre a Santa Sé e o Reino Unido, especialmente na cooperação para o desenvolvimento internacional, o cuidado do meio ambiente e a construção de uma sociedade civil com um renovado sentido de valores compartilhados e objetivos comuns”.

O Pontífice afirmou ainda que foi uma satisfação visitar o Arcebispo de Cantuária e os bispos da Igreja da Inglaterra, rezando depois com eles e com outros irmãos cristãos na sugestiva Abadia de Westminster, um lugar que fala com muita eloquência das tradições e da cultura que partilhamos.

“A Grã-Bretanha acolhe muitas tradições religiosas, e eu apreciei a oportunidade de encontrar seus representantes e partilhar com eles algumas idéias sobre a contribuição que as religiões podem oferecer para o desenvolvimento de uma sociedade saudável e pluralista”.

Levando em conta - como disse o Papa -, que sua visita foi especialmente dirigida aos católicos do Reino Unido, Bento XVI expressou seu agradecimento pelo tempo transcorrido com os bispos, sacerdotes, religiosos e leigos, como também com os professores, estudantes e idosos.

“Foi muito emocionante celebrar com eles, aqui em Birmingham, a beatificação de um grande filho da Inglaterra, o Cardeal John Henry Newman. Estou convencido de que, com seu vasto legado de escritos acadêmicos e espirituais, tem ainda muito a nos ensinar sobre a vida e o testemunho cristão no meio dos desafios do mundo atual, desafios que ele previu com clareza impressionante”.

E antes de invocar a bênção de Deus sobre todos, o Papa se despediu assegurando a esta nação, mais uma vez, os seus melhores desejos e orações para a paz e a prosperidade da Grã-Bretanha. (SP)

Fonte: Rádio Vaticano

domingo, 19 de setembro de 2010

DIA 20 DE SETEMBRO - MISSA DA MÃE PEREGRINA

No dia 20 de setembro de 2010 acontecerá no Santuário de Nossa Senhora da Consolação, às 19 horas, a Celebração Eucarística em especial para as famílias que recebem em sua residências a imagem da Mãe Peregrina, você é convidado a estar presente nessa celebração.

Logo após a celebração iniciará as atividades da V Semana Teológica promovida pela Escola de Teologia Pastoral "Santo Agostinho".

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

19 DE SETEMBRO - DIA DE SÃO ALONSO DE OROZCO, PRESBÍTERO


Nasceu em Oropesa (Toledo) a 10 de outubro de 1500. Enviado por seus pais para estudar na Universidade de Salamanca, entrou com seu irmão Francisco no noviciado agostiniano desta cidade, no dia 8 de junho de 1522. Como seu superior Santo Tomás de Vilanova, sempre considerou sua entrada na Ordem como uma das maiores graças recebidas de Deus. Pregar e escrever foram suas principais atividades.

Ternamente devoto de Nossa Senhora, considerou toda sua atividade literária como fruto de um mandato direto de Nossa Senhora. Nomeado pregador da corte real espanhola, sua alegria era pregar a gente humilde e necessitada: hospitalizados, presos, religiosas etc. Ser missionário no México foi um de seus grandes desejos, embora a enfermidade não tenha permitido. Amou intensamente a Ordem. Fundou conventos de agostinianos e agostinianas. A fraternidade, a simplicidade evangélica, o equilíbrio e a moderação na comunidade, foram a linha de sua programação religiosa.

Extraordinário asceta e místico, sofreu grande crise de secura espiritual de 1522 a 1551. Foi também assaltado por tentações de abandonar a vida religiosa. Morreu em Madri, desejando trabalhar mais pelas almas para imitar a Cristo, no dia 19 de setembro de 1591. Seus restos mortais veneram-se na Capela das Monjas Agostinianas do Convento de Santo Alonso de Orozco de Madri (La Granja, 9), onde foram transferidas em 1978 desde a Igreja de Valladolid, onde repousavam desde 1881.

Foi beatificado por Leão XIII em 1882. Foi canonizado por João Paulo II em 19 de maio de 2002.

Fonte: Site Oficial da Ordem dos Agostinianos Recoletos

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

NOTA DA CNBB NA PROXIMIDADES DAS ELEIÇÕES

Constantes interpelações têm chegado à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil-CNBB a respeito de seu posicionamento em relação às eleições do próximo dia 3 de outubro.

 
Falam em nome da CNBB somente a Assembleia Geral, o Conselho Permanente e a Presidência. O único pronunciamento oficial da CNBB sobre as eleições/2010 é a Declaração sobre o Momento Político Nacional, aprovada pela 48ª Assembleia Geral da CNBB, deste ano, cujo conteúdo permanece como orientação neste momento de expressão do exercício da cidadania em nosso País.

Nessa Declaração, a CNBB, em consonância com sua missão histórica, mantém a tradição de apresentar princípios éticos, morais e cristãos fundamentais para ajudar os eleitores no discernimento do seu voto visando à consolidação da democracia entre nós.

Reafirmamos, portanto, o que diz a Declaração: “A campanha eleitoral é oportunidade para empenho de todos na reflexão sobre o que precisa ser levado adiante com responsabilidade e o que deve ser modificado, em vista de um Projeto Nacional com participação popular.

Por isso, incentivamos a que todos participem e expressem, através do voto ético, esclarecido e consciente, a sua cidadania nas próximas eleições, superando possíveis desencantos com a política, procurando eleger pessoas comprometidas com o respeito incondicional à vida, à família, à liberdade religiosa e à dignidade humana. Em particular, encorajamos os leigos e as leigas da nossa Igreja a que assumam ativamente seu papel de cidadãos colaborando na construção de um País melhor para todos.

Confiando na intercessão de Nossa Senhora Aparecida, invocamos as bênçãos de Deus para todo o Povo Brasileiro”.

Brasília, 16 de setembro de 2010

P. nº 0762/10



Dom Geraldo Lyrio Rocha
Arcebispo de Mariana – MG
Presidente da CNBB


Dom Luiz Soares Vieira
Arcebispo de Manaus
Vice-Presidente da CNBB


Dom Dimas Lara Barbosa
Bispo Auxiliar do Rio de Janeiro
Secretário Geral da CNBB

Fonte: Site da CNBB

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

VISITA PASTORAL DO PAPA BENTO XVI AO REINO UNIDO

Bento XVI no Reino Unido
16-19 de septembro de 2010


A Rádio Vaticano fará a cobertura da viagem, com as reportagens de seus enviados publicadas no site e com a transmissão dos principais eventos, em colaboração com o Centro Televisivo Vaticano (CTV) para as imagens, enquanto os textos dos discursos do Santo Padre estarão disponíveis no site vaticano www.vatican.va

Para acompanhar as várias fases da visita, é possível inscrever-se no RSS/Podcast ou acessar o Twitter. Além disso, será possível obter uma síntese dos eventos de cada dia através dos vídeos realizados em colaboração com o CTV e disponíveis em italiano no nosso site, e em inglês, espanhol, italiano e alemão no YouTube.

Acompanhemos o Santo Padre Bento XVI nessa delicada viagem com nossas orações.

Fonte: Rádio Vaticano

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

CARTA DOS BISPOS DA PROVÍNCIA ECLESIÁSTICA DO ESPÍRITO SANTO

Sexta-feira, 10 de Setembro de 2010

A Província Eclesiástica do Espírito Santo esclarece os católicos e pessoas que lutam pelo bem e pela justiça sobre os últimos acontecimentos na campanha eleitoral. Assinam o documento o Arcebispo de Vitória, os bispos de Colatina e S. Mateus e o Administrador Diocesano de Cachoeiro de Itapemirim.


Esclarecimento para as eleições 2010



Nós, bispos da Província Eclesiástica do Espírito Santo, sentimos a necessidade de esclarecer os católicos e pessoas de boa vontade sobre o seguinte:

1. A Igreja não exerce política partidária, portanto, não indica partido ou candidato durante as campanhas políticas. Porém, a Igreja, em seu discurso e ação defende a política do bem comum e a construção da democracia. "A Igreja tem o dever de oferecer, por meio da purificação da razão e através da formação ética, a sua contribuição específica para que as exigências da justiça se tornem compreensíveis e politicamente realizáveis". "A Igreja não pode nem deve tomar nas suas próprias mãos a batalha política para realizar a sociedade mais justa possível [...]. Mas toca à Igreja, e profundamente, o empenhar-se pela justiça trabalhando para a abertura da inteligência e da vontade às exigências do bem" (Deus Caritas Est 27).

2. Recentemente, foi veiculado durante a propaganda eleitoral do candidato ao Senado, senador Magno Malta, o depoimento de um padre e de um bispo sobre atividades do candidato. Nós não concordamos com a veiculação de imagens de padres e bispos para apoiar um determinado candidato. Mais grave ainda, quando o padre e o bispo afirmam não terem autorizado o uso das imagens para fins eleitorais. Estas atitudes ferem o direito de imagem resguardado pela Constituição Federal.

3. Orientamos todos os católicos que se posicionem criticamente diante desta campanha que coloca o foco na CPI da pedofilia e na CPI do narcotráfico. Estes temas exigem nossa reflexão e atitude, mas não concordamos que a dor, a humilhação e o sofrimento das crianças e adolescentes vítimas de abuso sexual e tráfico de drogas e de armas, sejam transformados em espetáculo para angariar votos.

Caríssimos padres, lideranças católicas e pessoas de boa vontade, mantenhamo-nos dentro de nossos direitos sem violar o direito do outro, mas não nos omitamos nos esclarecimentos que devem ser dados a quem precisa, de forma que o voto seja consciente e responsável. O voto é um compromisso. É uma procuração que cada um dá ao candidato em quem vota.

Não podemos ser coniventes com pessoas que não têm ética na política.



D. Luiz Mancilha Vilela, Arcebispo de Vitória do Espírito Santo

D. Décio Sossai Zandonade, Bispo de Colatina

D. Zanoni Demettino Castro, Bispo de S. Mateus,

Pe. Antonio Tatagiba Vimercat, Administrador diocesano de Cachoeiro de Itapemirim

domingo, 12 de setembro de 2010

SEMANA TEOLÓGICA - LUMEM GENTIUM - PROMOVIDA PELA ESCOLA DE TEOLOGIA PASTORAL "SANTO AGOSTINHO"

V SEMANA TEOLÓGICA - LUMEN GENTIUM - "LUZ DOS POVOS".

CONSTITUIÇÃO DOGMÁTICA SOBRE A IGREJA / CONCÍLIO VATICANO II.













PROGRAMAÇÃO:
Dia 20 de setembro - Monsenhor Antônio Rômulo Zagotto
Tema: O mistério da Igreja - o Povo de Deus
Sub-Tema: "O Espírito Santo habita na Igreja e nos corações dos fiéis como num templo" (LG 04).

Dia 21 de setembro - Frei Didier Esperidião Neto, OAR
Tema: Constituição hierárquica da Igreja e, em especial, o Episcopado.
Sub-Tema: "Os bispos receberam, com os outros ministros, o encargo de servir a comunidade" (LG 48).

Dia 22 de setembro - Frei Domingos Sérgio Gusson, OAR
Tema: Os religiosos - índole escatológica da Igreja peregrina e união da mesma com a Igreja celeste.
Sub-Tema: "O estado constituído pela profissão dos conselhos evangélicos está firmemente relacionado com sua vida e santidade" (LG 120).

Dia 23 de setembro - Pe. Pedro Félix Bassini
Tema: Os leigos - vocação universal à santidade na Igreja
Sub-Tema: "Todos cultivam, movidos pelo Espírito de Deus, nos vários gêneros de vida e ofícios uma única santidade" (LG 103).

Dia 24 de setembro - Pe. Juliano Ribeiro Almeida
Tema: A bem-aventurada Virgem Maria, Mãe de Deus, no mistério de Cristo e da Igreja.
Sub-Tema: "A Igreja, mediante a Palavra de Deus recebida na fé, torna-se também ela mãe" (LG 154).

Observações:
Todos os dias da Semana Teológica, sempre as 19:00h a Celebração Eucarística, será sempre presidida pelo palestrante da noite.

As inscrições serão feitas nas comunidades, bem como nos Escritórios Paróquias de nossa Diocese e também nas Escolas de Teologia Pastoral e também no Escritório Paroquial do Santuário de Nossa Senhora da Consolação, pelo telefone: (28) 3522 - 6607.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

10 DE SETEMBRO DIA DE SÃO NICOLAU DE TOLENTINO

São Nicolau de Tolentino nasceu em Sant'Angelo in Pontano (Macerata, Itália), em meados do século XIII, de uma família modesta. Professou na Ordem muito jovem. Sua figura é a de um religioso sacerdote simples, cheio de caridade para com seus irmãos e para com o povo de Deus, e fiel cumpridor das exigências da profissão religiosa.

Visitava e socorria com grande esmero os doentes e pobres, e não se envergonhava de pedir esmola para o sustento da comunidade. Pregador de notável eficácia, sua direção espiritual era muito procurada. Passou quase totalmente os 30 anos de sua vida em Tolentino, onde morreu no dia 10 de setembro de 1305.

Foi grande seu espírito de oração e penitência, assim como sua devoção às almas do purgatório. Foi muito celebrado por seus milagres. Foi canonizado pelo Papa Eugênio IV, em 1446. Suas relíquias conservam-se no seu santuário de Tolentino.

Fonte: Site da Ordem dos Agostinianos Recoletos

terça-feira, 7 de setembro de 2010

07 DE SETEMBRO - DIA DA INDEPENDÊNCIA E DIA DO GRITO DOS EXCLUÍDOS


Brasília, 07 set (RV) - O Brasil celebra nesta terça-feira o Dia da Independência.

Hoje é também realizado o Grito dos Excluídos 2010. Este ano, a 16ª edição do evento, tem como tema "Vida em primeiro lugar", e o lema "Onde estão nossos direitos? Vamos às ruas para construir um projeto popular".

O Grito dos Excluídos foi promovido pela primeira vez em 1995, ano da Campanha da Fraternidade sobre os Excluídos, proposto pelo Setor de Pastoral Social da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O Grito dos Excluídos foi precedido por outras iniciativas como o Grito da Amazônia e Grito da Terra.

Segundo o jornal do Grito dos Excluídos, um dos objetivos do evento deste ano é "enunciar as formas de injustiças promovidas pelo sistema capitalista implantado em nosso país, que causa a destruição e a precariedade da vida do povo e do planeta".

Segundo o coordenador nacional do Grito dos Excluídos 2010, Ari Alberti, o tema deste ano visa os direitos essenciais: "A luta principal do Grito é pela vida. E dentro disso, trazemos o lema deste ano que busca os direitos básicos garantidos pela Constituição Federal como saúde, segurança, educação, lazer e outros".

Este ano, o Grito dos Excluídos acontece junto com o Plebiscito pelo Limite de Propriedade da Terra. "A constituição assegura que em fatos de relevância nacional, a sociedade deva ser consultada. O povo tem respondido bem a isso. Um exemplo claro foi o projeto de lei "Ficha Limpa", que foi uma ação direta do coletivo, e acredito que assim será com experiência do plebiscito", afirmou Ari Alberti.

O Grito dos Excluídos se realiza em todo o Brasil. Em Brasília acontece na Esplanada dos Ministérios, durante as comemorações da Independência do Brasil.

Em São Paulo, romeiros da Brasilândia percorrem as ruas da periferia até o centro da cidade e na Praça da Sé se unem ao Grito dos Excluídos. Hoje, os romeiros participam da missa na Catedral da Sé e logo após se unem ao 16° Grito dos Excluídos, e juntos caminham até o Monumento da Independência no Ipiranga, onde será realizado um ato público, em defesa da vida, dos direitos de cada cidadão e pelo Plebiscito Popular que deseja limitar a propriedade da terra no Brasil.

Em Pernambuco, o Arcebispo de Olinda e Recife, Dom Antônio Fernando Saburido, fará um discurso de abertura do Grito dos Excluídos, e cerca de cinco mil pessoas participarão da caminhada, entre representantes de sindicatos e integrantes da sociedade civil.

Já em Aparecida, além do Grito dos Excluídos, celebra-se hoje a 23ª Romaria Nacional dos Trabalhadores. Os participantes vão se encontrar no Porto Itaguaçu para caminhar em procissão rumo ao Santuário Nacional. Em seguida, os romeiros participarão da missa presidida pelo Arcebispo de Aparecida, Dom Raymundo Damasceno Assis.

Fonte: site da Rádio Vaticano

PARABÉNS FREI JUAN FRANCISCO ECHÁVARRI

Neste dia 07 de setembro de 2010, feriado nacional devido a Independência Política do Brasil, nós paroquianos nos alegramos, também, pela passagem do aniversário de nosso querido vigário paroquial e amigo Frei João Echávarri da Ordem dos Agostinianos Recoletos - 91 anos.
Rogamos ao Senhor da Vida que continue a abençoá-lo no seu ministério sacerdotal.

FELIZ ANIVÉRSÁRIO E VIVA NOSSA AMIZADE!

domingo, 5 de setembro de 2010

V SEMANA TEOLÓGICA


A Escola de Teologia Pastoral "Santo Agostinho" da paróquia de Nossa Senhora da Consolação promoverá a V Semana Teológica, sendo o tema a ser tratado: Lumem Gentium do Concílio Vaticano II, sendo aberta a participação de todos aqueles que interessarem a aprofundar sua fé numa didática baseada nos estudos de sacerdotes sobre a temática.

Inscrições na Secretaria Paroquial durante a semana, maiores informações pelo telefone: (28) 3522-6607.

CELEBRAÇÃO DO DIA DE NOSSA SENHORA DA CONSOLAÇÃO

Fr. Sérgio nas comunicações à comunidade paroquial

Momento do Ofertório

Ofertório

Proclamação da 2ª Leitura

Salmo Responsorial

Proclamação da 1ª Leitura

Pe. Alci, Fr. Didier, Fr. Sérgio, Fr. João e Diácono Sérgio

Carmem (presidente da FRSAR) e Cristina

Procissão de Entrada


O dia 04 de setembro de cada ano é o dia em que celebramos com muita alegria e singelamente a Mãe da Consolação, cuja consolação é o próprio filho Jesus Cristo e por ser mãe a Virgem Maria recebe esse título de consoladora.
A celebração dessa Solenidade foi presidida pelo pároco Fr. Domingos Sérgio Gusson, OAR e concelebrada pelos sacerdotes: Fr. João Constantino, OAR, Fr. Didier Esperidião Neto, OAR, Padre Alci, clero diocesano e pároco da Paróquia dos Sagrados Corações e pelo Diácono Sérgio.

Entrada da Palavra de Deus

Homilia de Fr. Domingos Sérgio Gusson no dia 04 de setembro de 2010